.: Lua, de Luana

Uma mulher que gosta de viajar e, principalmente, conhecer lugares & pessoas.
"Lua vai dizer" foi inspirada na música de Katinguelê, a "Lua vaaai iluminar os pensamentos dela". Sendo assim, pretendo iluminar os caminhos de vocês. Boa viagem! :)

domingo, 16 de outubro de 2016

Aracaju - Sergipe

Aracaju é a capital de Sergipe, o menor estado do Brasil. Cidade tranquila, de mar agitado e cor barrenta, de São João animado e deliciosos caranguejos. Um pouco do meu Nordeste que é tão lindo!
Atalaia

COMO FUI: em 2008, de carro saindo de Recife (dando uma parada estratégica em Maragogi e Maceió/AL) e em 2015 de avião (com escala em Salvador, na ida). 

O QUE FAZER:
Arara + caju = Aracaju?
Aracaju em si tem atrativos que basicamente você conhece em um final de semana. A orla da Atalaia é ótima pra tirar foto e dar uma caminhada, relaxar, apreciar a paisagem e esquecer um pouco da agitação das grandes
Serra de Itabaiana
metrópoles. Na orla da Atalaia inclusive tem um pequeno oceanário, bonitinho, bom de conhecer. O mercado público, perto de lá, é uma boa opção para comprar lembrancinhas (de pó pega-homem a toalha de renda) e especiarias nordestinas. 
Acredito que o nome Aracaju não seja a junção de arara + caju, mas está aí a foto ao lado para homenagear, hahaha. A passarela do caranguejo - uma rua cheia de restaurantes em que, adivinha, têm como especialidade o caranguejo - é um bom lugar para comer e conversar, nessa ordem de revezamento, hahaha. 

Uma caranguejada desse aqui... Que maravilha seria!

Poço + cachoeira = 
Cânion do São Francisco
A 58 quilômetros de Aracaju fica o Parque Nacional da Serra de Itabaiana. Fomos de carros e depois por uma boa caminhada/trilha. A primeira parada foi no Poço das Moças, com uma queda d'água meio escorrego e uma água geladíssima e escura, tipo Coca-Cola.
Na minha primeira ida a Sergipe fui também ao Canindé do São Francisco, que fica a 200 quilômetros de Aracaju. São longas 3 horas de viagem, acaba sendo um pouco cansativo e o meio de chegar lá é apenas esse. De Canindé pegamos um catamarã para os cânions, lugar de belíssima paisagem e um banho maravilhoso no rio São Francisco. Rio São Francisco, rio que amo, rio de histórias, vivências, praticamente o pai do Nordeste. Se vale a pena? Muuuuuuito!

Vista do teleférico
Em Aracaju também tem uma ponte estilo EUA, toda chique, que liga a capital a Barra dos Coqueiros, uma ilha com resorts pelo que lembro. À noite ela fica toda coloridinha e bonita de ver, principalmente se você estiver na beira do rio, tomando um refri e apreciando as estrelas, hahaha. Lá tem também o zoológico que fica um pouco mais afastado do centro, mas é bem arrumadinho (queria que o de Recife fosse parecido com o de lá, pelo menos). No zoo ainda tem um teleférico que dá pra apreciar tudo de cima, muito legal!
Perto de Aracaju, na região metropolitana, fica São Cristóvão. A cidade é conhecida por ser a primeira capital de Sergipe e a quarta cidade mais antiga do Brasil (pra mim esses títulos só tinham em Pernambuco, Bahia e São Paulo, rsrs), além de muitas histórias portuguesas, espanholas, neerlandesas, inclusive sendo considerada patrimônio pelo Iphan.
Banho no rio São Francisco. 12 metros de profundidade, água morna... Experiência única!

Não vejo Aracaju na rota dos viajantes brasileiros, principalmente por ser próxima de grandes roteiros como Recife, Maceió e, claro, Salvador. Quando puder, conheça. É um lugar aconchegante, tranquilo e fácil de conhecer em poucos dias.

Beijos com sabor de caranguejo com vinagrete (lá se come assim).

2 comentários:

  1. Me deixou com vontade viu? será que vou no carnaval? rsrsrs Valeu, Luana! :* Déia

    ResponderExcluir
  2. Espero que vá mesmo! :D Vai adorar!

    ResponderExcluir